top of page
Faculdades de Relações Públicas
Entidades de Relações Públicas
Agência/Assessoria
Pós-graduações em Relações Públicas
O que são Relações Públicas
Bibliografia de Relações Públicas

Relações

Públicas

Ajude-nos a melhorar o nosso índice bibliográfico

Indique um novo título (livro ou e-book)

ACLANS, A. F. Cómo utilizar la mediación para resolver conflictos en las organizaciones. Paidós. Barcelona, 1993.

ADAMS, G. Donald. Museum Public Relations. Walnut Creek: AltaMira Press, 1983.

ADECEC, LA COMUNICACIÓN Y RELACIONES PÚBLICAS EN ESPAÑA: RADIOGRAFÍA DE UN SECTOR, Ediciones Pirámide, Barcelona, 2002.

ADECEC. El libro práctico de la Comunicación y las Relaciones Públicas, Ed. Folio, 1997.

ALI, Moi. Como usar técnicas de relações públicas. São Paulo: Publifolha, 2001.

ALONSO, Maria Beatriz Ruíz. Relaciones Publicas: mucho más que una profesión. Buenos Aires: MABRA, 1988.

ALVAREZ, T. Y CABALLERO, M.: "Vendedores de imagen los retos de los nuevos gabinetes de comunicación". Paidós, Barcelona, 2001.

ANDRADE, Candido Teobaldo de Souza. Administração de Relações Públicas no Governo. São Paulo: Loyola, 1982.

ANDRADE, Candido Teobaldo de Souza. Como Administrar Reuniões. São Paulo: Loyola, 1988.

ANDRADE, Candido Teobaldo de Souza. Curso de relações públicas : relações com os diferentes públicos. Ed.2. São Paulo: Atlas, 1994.

ANDRADE, Candido Teobaldo de Souza. Curso de relações públicas: relações com os diferentes públicos. São Paulo: Atlas,1970.

ANDRADE, Cândido Teobaldo de Souza. Dicionário Profissional de Relações Públicas e Comunicação. São Paulo: Saraiva, 1978.

ANDRADE, Cândido Teobaldo de Souza. Dicionário profissional de relações públicas e comunicação e glossário de termos anglo-americanos.SãoPaulo: Summus, 1996.

ANDRADE, Cândido Teobaldo de Souza. Panorama histórico de relações públicas. São Paulo: Com-Arte, 1973.

ANDRADE, Cândido Teobaldo de Souza. Para entender Relações Públicas. São Paulo: Luzir, 1962.

ANDRADE, Cândido Teobaldo de Souza. Psico-sociologia das relações públicas. São Paulo: Vozes, 1975.

ANDRADE, Cândido Teobaldo de Souza. Psico-sociologia das relações públicas. Ed. 2. São Paulo: Loyola, 1989.

ANDRADE, Cândido Teobaldo de Souza. Relações públicas no governo estadual. 1962.

ARANEO, PAULA. El poder de la comunicación institucional II. Imagen. Buenos Aires, 2001.

ARCEO VACAS, J. L., Las Relaciones Públicas en España, McGraw-Hill, Madrid, 2004.

AXTELL, Roger E. "Gestos — Lo que se considera correcto e incorrecto en la comunicación a través del lenguaje corporal en todo el mundo", Editorial Iberia, Barcelona, España, 1993.

AZEVEDO, P.E.M. de. Manual prático de relações públicas. Edições de Ouro, 1979.

AZNAR, Hugo (1998). "Comunicación responsable Deontología y autorregulación de los medios" Primer Premio de la X edición de los Premis a la Investigació sobre Comunicació de Masses. Editorial Ariel.

BAHIA, Juarez. Introdução à Comunicação Empresarial. Rio de Janeiro, Editora Mauad, 1995.

BARCELLOS, Fernanda. Curso básico de relações públicas. São Paulo: Ediouro, 1984.

BARCELLOS, Fernanda. Manual de relações públicas. Freitas Bastos, 1971.

BARQUERO CABRERO, José Daniel & BARQUERO CABRERO, Mário. O livro de ouro das relações públicas. Trad. de Abílio Fonseca. Porto: Porto Editora, 2001.

BARQUERO CABRERO, José Daniel. Comunicación y relaciones públicas: de los orígenes históricos al nuevo enfoque de planificación estratégica. Madri: McGraw-Hill, 2001.

BARQUERO CABRERO, José Daniel. Relaciones Públicas financieras. Barcelona: Ediciones Gestión, 2001.

BARQUERO, J.D. MANUAL DE RELACIONES PUBLICAS EMPRESARIALES E INSTITUCIONALES, Ediciones Gestión 2000, Barcelona,1999.

BARQUERO, J.D.; Barquero, M. EL LIBRO DE ORO DE LAS RR.PP. Ediciones Gestión 2000, Barcelona,1996.

BARQUERO, José Daniel (Coord.). Casos Prácticos de Relaciones Públicas. Los mejores expertos en acción. Ediciones Gestión 2000, S.A.1995.

BARQUERO, José Daniel; BARQUERO, Carmen. Relaciones Públicas Estratégicas. Barcelona: Ediciones Gestión, 2006.

BARTHES, Roland "Retórica de la imagen" en Lo obvio y lo obtuso, Paidós, Barcelona, 1995.

BATESON, Gregory; BIRDWHISTELL, Ray; GOFFMAN, Erving; HALL, Edward Jackson, Scheflen, Albert; SIGMAN, Stuart; WATZLAWICK, Paul (Selección e introducción de Winkin, Y.). "La Nueva Comunicación". Editorial Kairós, Barcelona, España, 1987.

BAUS, Herbert M. Relações públicas, dinâmica e prática. Rio de Janeiro: Fundo de Cultura, 1961.

BAUS, Herbert M. Relações Públicas: dinâmica e prática. Rio de Janeiro: Fundo de Cultura, 1961.

BECERRA, Nelly Amélia Pajuelo. Perfil das relações públicas na américa latina. São Paulo: ECA_USP, 1983.

BEKIN, Saul Faingaus. Conversando sobre Endomarketing. Makron Books, São Paulo. 1995.

BENAVIDES, Juan.: "Dirección de comunicación empresaria". Barcelona, Gestión 2000 y 2001.

BENESCH H. Y SCHMANDT W.: Manual de Autodefensa Comunicativa. La manipulación y cómo burlarla. GUSTAVO GILI, BARCELONA. 1982.

BENTON, Debra; "Cómo Vender la Propia Imagen. Utilice sus cualidades humanas para mejorar profesionalmente", Editorial Grijalbo, Barcelona, España, 1993.

BERNALES, Enrique. Crisis Política: ¿Solución Electoral? Desco. Perú, 1980.

BERNAYS, Edward L. Relaciones públicas. Buenos aires: Torquel, 1966.

BETRÁN, LUIS R. (1985): "Premisas, objetos y métodos foráneos en la investigación sobre comunicación en América Latina". En Sociología de la comunicación de masas, tomo I. Barcelona: Gustavo Gilli.

BLACK Sam, ABC de las Relaciones Públicas, Ed. Gestión 2000, 2001.

BLACK Sam, Las Relaciones Públicas, Ed. Hispano Europea,1994.

BLACK, Sam. Casos de relaciones publicas internacionales. Barcelona: Ediciones Gestion, 2000.

BLAND, Michael. Novo manual de relações públicas. Presença, 1989.

BODNAR, Pablo D. El Mediador en la Comunidad. Ed. La Cañada. Cba. 2001.

BODNAR, PABLO D. Manual de Mediación. Ed. La Cañada. Cba. 2000.

BOIRY, P.A., RELACIONES PUBLICAS O LA ESTRATEGIA CONFIANZA, Ediciones Gestión 2000, Barcelona,1998.

BONILLA, Carlos. Relaciones públicas: factor de competitividad para empresas e instituciones. Guía para directores generales y encargados de la función. México: Compañía Editorial Continental, 2004.

BOTAN, Carl H. & HAZLETON, Vicent. Public relations theory. New Jersey: Lawrence E. Associates, Publishers, 1989.

BRODY, E. W. & STONE, Gerald C. Public Relations Research. New York, Praeger Publishers, 1989.

BROOM, Glen M. & DOIZIER, David M. Using research in Public Relations: aplications to program management. New Jersey: Pearson Education POD, 1996.

BUENO, Wilson da Costa. Comunicação Empresarial no Brasil: uma leitura Crítica. São Paulo, Comtexto/All Print, 2005.

BUENO, Wilson da Costa. Comunicação na era da qualidade. A Comunicação Empresarial se prepara para enfrentar os desafios do século XXI. São Paulo, Comtexto/Unimed Amparo, 1995.

CAHEN, Roger. Tudo que seus gurus não lhe contaram sobre Comunicação Empresarial - a imagem como patrimônio da empresa e ferramenta de Marketing. Best Seller, São Paulo. 1990.

CANFIELD, Bertrand R. Relações Públicas: princípios, casos e problemas. 4.ed. São Paulo: Pioneira, 1991.

CANFIELD, Bertrand. R. Relações públicas. São Paulo: Pioneira, 1970.

CAPRIOTTI, Paul. Planificación estrategica de la imagem corporativa. Barcelona: Editorial Ariel, 1999.

CARNEIRO CANEDA, Manuel.: " La responsabilidad Social Corporativa Interna". Esic, Madrid, 2004.

CARRASCOSA, José Luis.: "Información/Comunicación". Arcadia. Madrid 2003.

CASMIR, F. Communication in development. Norwood, New Jersey: Ablex, 1991.

CASTILLO Mazo del, J.M. Estructuras de la comunicación por objetivos. Barcelona: Ariel, 1994.

CENTER, Allen H. Tsukamoto. Idéias de relações públicas em ação. São Paulo: Best Seller, 1964.

CESCA, Cleusa G. Gimenes. (org). Relações públicas e suas interfaces. São Paulo: Summus, 2006.

CESCA, Cleuza G. Gimenes & CESCA, Wilson. Estratégias empresariais diante do novo consumidor. São Paulo: Summus, 2003.

CESCA, Cleuza G. Gimenes. Comunicação Dirigida Escrita na Empresa. São Paulo: Summus, 1995.

CESCA, Cleuza G. Gimenes. Organização de eventos. São Paulo, Summus, 1997.

CESCA, Cleuza G. Gimenes. Relações Públicas e suas Interfaces. São Paulo: Summus, 2006.

CESCA, Cleuza G. Gimenes. Comunicação dirigida escrita na empresa: Teoria e Pratica. São Paulo: Summus, 1995.

CHAMUSCA, Marcello; CARVALHAL, Márcia. Relações Públicas do Brasil: Biografias dos vencedores da primeira edição do Prêmio Relações Públicas do Brasil. Salvador: Edições VNI, 2007.

CHAMUSCA, Marcello; CARVALHAL, Márcia. Relações Públicas Digitais: o pensamento nacional sobre o processo de Relações Públicas intercalado pela tecnologias digitais. Salvador: Edições VNI, 2010.

CHAMUSCA, Marcello; CARVALHAL, Márcia. Relações Públicas Digitais 2.0. Salvador: Edições VNI, 2011.

CHAMUSCA, Marcello; CARVALHAL, Márcia. Comunicação e Marketing Digitais: conceitos, práticas, métodos e inovações. Salvador: Edições VNI, 2011.

CHAMUSCA, Marcello; CARVALHAL, Márcia. Relações Públicas e Comunicação no Contexto Contemporâneo. Volume I. Coleção ALARP 2014. Salvador, BA: Edições VNI/ALARP Internacional, 2014

CHAMUSCA, Marcello; CARVALHAL, Márcia. Relações Públicas e Comunicação no Contexto Contemporâneo. Volume II. Coleção ALARP 2014. Salvador, BA: Edições VNI/ALARP Internacional, 2014

CHAUMKELY, Jean; HUISMAN, Denis. As relações públicas. Difel, 1964.

CHAVES, Norberto.: "La imagén corporativa". Gustavo Gili, Barcelona 1998.

CHAVES, Sylla M. Aspectos de relações públicas. Rio de Janeiro: Dasp, 1963.

CHILDS, Harwood L. Relações Públicas, propaganda e opinião pública. Rio de Janeiro, FGV, 1964.

CIMADEVILLA, Gustavo (org.). Comunicação, Tecnologia e Desenvolvimento. Rio Cuarto: ALAIC-UNRC, 2006.

CLEMEN, Paulo - Como Implantar uma área de Comunicação Interna: nós as pessoas fazemos a diferença - Mauad, Rio de Janeiro. 2005.

COMISIÓN DE LAS COMUNIDADES EUROPEAS. Libro Verde sobre Responsabilidad Social de las empresas. Comisión Europea, Bruselas, 2001.

CONSTANTINO, C. Y Merchant, C. Diseño de sistemas para enfrentar conflictos. Granica. Barcelona, 1997.

COQUEIRO, Márcio César Leal. Relações públicas. Sugestões Literárias, 1972.

COSTA, J. Corporate identity design. New York: 1989.

COSTA, Joan: "La comunicación en acción: informe sobre la nueva cultura de gestión". Paidós, Barcelona, 2001.

CULBERSTSON, Hugh M. & CHEN, Ni. International public relations: a comparative analysis. Mahwah: Lawrence Erlbaum, 1996.

CURVELLO, João José Azevedo - Comunicação Interna e Cultura Organizacional - Scortecci Editora, 2002.

CUTLIP Scott M.; CENTER Allen H., Relaciones Públicas Eficaces, Ed. Gestión 2000, 2001.

CUTLIP, Scott; CENTER, Allen & BROOM, Glen. Efective public relations. 6. ed. New Jersey: Prentice-Hall, 1985.

D’AZEVEDO, Martha Alves. Relações públicas: Teoria e processo. Porto Alegre: Sulina, 1971.

DANIEL COLOMBO, "Sea su propio jefe de prensa". Grupo Editorial Norma, 2004.

D'AZEVEDO, Martha Alves. Relações Públicas: teoria e processo. Porto Alegre: Sulina, 1971.

DELMAR, Ken. "Comunicación Corporal", Editorial Selector, México, 1990.

DERRIMAN, James. Relações públicas para gerentes. São Paulo: Zahar, 1968.

DESCAMPS Marc-Alain; "El Lenguaje del Cuerpo y la Comunicación Corporal", Editorial Deusto, Bilbao, España, 1992.

DEVERS, Thomas; "Aprenda a Comunicarse Mejor - Expresión no verbal, actitudes y comportamientos", Editorial Grijalbo, Buenos Aires, Argentina, 1990.

DIAS, Vera. Como virar notícia e não se arrepender no dia seguinte. Rio de Janeiro, Editora Objetiva, 1994.

DIEZ Francisco, Tapia Gachi. Herramientas para trabajar en Mediación. Ediciones Piados Mediación. Buenos Aires 1999.

DOMÉNEC MELE, ALFREDO PASTOR Y JUAN ANTONIO PÉREZ LÓPEZ. La aportación de la empresa a la sociedad. Biblioteca IESE de Gestión de empresas, Ediciones Folio, Barcelona, 1997.

DORNELLES, Souvenir Maria Graczyk (org). Relações Públicas: Quem sabe, faz e explica. Porto Alegre: Edipucrs, 2007.

DOTY, Dorothy I. Divulgação Jornalística & Relações Públicas. Comunicação Empresarial na Prática. São Paulo, Cultura Editores Associados, 1995.

DUARTE, Jorge (org). Assessoria de imprensa e relacionamento com a mídia. São Paulo: Atlas, 2002.

DUARTE, Jorge Antonio Menna. Pesquisa & Imprensa: orientações para um bom relacionamento. Brasília, Embrapa, 1994.

ENGLERT, Suzana Vellinho. Canela, a reconquista de um horizonte. Porto Alegre: Sulina, 2002.

EVANGELISTA, Marcos Fernando. Planejamento de relações públicas. Rio de Janeiro: Tecnoprint, 1983.

EVANGELISTA, Marcos Fernando. Relações públicas para pequeñas e medias empresas. Rio de Janeiro: 1983.

EVANGELISTA, Marcos Fernando. Relações Públicas: fundamentos e legislação. 2.ed. Rio de Janeiro: Ed. Rio, 1977.

FARIAS, Luiz Alberto de. A literatura de relações públicas: produção, consumo e perspectivas. São Paulo: Summus, 2004.

FITA, J., COMUNICACION EN PROGRAMAS DE CRISIS, Ediciones Gestión 2000, Barcelona, 1999.

FLETA, Luis Solano. Fundamentos de las relaciones públicas. Madrid: Editorial Síntesis, 1995.

FOMBRUN, Charles. Reputation. Realizing Value from the Corporate Image. Boston: Harvard Business School Press, 1996.

FORTES, Waldyr G. Relações públicas: processos, funções, tecnologia e estratégias. 2a. ed. revista e ampliada. São Paulo: Summus, 2003.

FORTES, Waldyr G. Transmarketing: estratégias avançadas de relações públicas no campo do marketing. São Paulo: Summus, 1999.

FORTES, Waldyr Gutierrez. Pesquisa institucional: Diagnóstico organizacional para relações públicas. São Paulo: Loyola, 1990.

FORTES, Waldyr Gutierrez. Transmarketing: Estratégias avançadas de relações públicas no Campo do Marketing. São Paulo: Summus, 1999.

FORTES, Waldyr Gutierrez. Você sabe que dia é hoje? : Datas comemorativas para eventos e programações de relações públicas e calendário promocional em marketing. Editora Uel, 2002.

FRANÇA, Fábio e FREITAS, Sidinéia Gomes. Manual da qualidade em projetos de comunicação. São Paulo: Pioneira, 1997.

FRANÇA, Fábio. Públicos: como identificá-los em uma nova visão estratégica - Business relationship. São Caetano do Sul: Difusão Editora, 2004.

FRANCOIS, Frederic. El lenguaje, la comunicación. Buenos Aires, Ediciones Nueva Visión, 1973.

FREITAS, Antônio de Lisboa Mello. Relações públicas: Perspectivas futuras. Sulina/Ari, 1985.

FREITAS, Ricardo Ferreira. Desafios contemporâneos em comunicação : Perspectivas de relações públicas. São Paulo: Summus, 2002.

FRIGERIO y Poggi. Cara y ceca . actores, instituciones y conflictos. Troquel Educación. Bs. As. 1995.

FUNDACIÓN EMPRESA Y SOCIEDAD. La empresa que viene. Responsabilidad y acción social en la empresa del futuro. Fundación Empresa y Sociedad, Madrid, 2001.

GALERANI, Gilceana. Avaliação em Comunicação Organizacional. São Paulo: Embrapa, 2006.

GARCIA IZQUIRDO B. El valor de compartir beneficios, Editorial Deusto, Bilbao, 2000.

GARCIA, Manuel M. Relações públicas. Chaves do êxito. Estampa, 1999.

GERMÁN CAICEDO PRADO: Gobernar es Comunicar. Editorial USC (Cali – Colombia). 2004.

GIA GALGLIA, Maria Cecília. Organização de eventos: teoria e prática. São Paulo: Pioneira Thomson Learning, 2002.

GLÜCK, Alois. Asumir Responsabilidad: Una sociedad de ciudadanos para un país más eficiente y humano. Quito: INDESIC, 2002.

GONÇALVES, Jacques. Relações públicas: filosofia e profissão. Der Pe, 1969.

GONÇALVES, Renato Afonso. Banco de dados nas relações públicas. Max Limonad, 2002.

GRUNIG James. (ed.). Excellence in public relations and communication management. Hillsdale: Erlbaum Associates, 1992.

GRUNIG James. A situational theory of publics: conceptual history, recent chalenges and new research. In: MOSS, Dany; MACMANUS, Toby; VERCIC, Dejan (Eds.). Public relations research: an international perspective. London/Boston: International Thomson Business Press, 1997.

GRUNIG, J. & HUNT, T. Managing Public Relations. New York: Holt, Rinehart & Winston, 1984.

GRUNIG, James; FERRARI, Maria Aparecida; FRANÇA, Fábio. Relações Públicas: teoria, contexto e relacionamentos. Difusão: São Paulo, 2009.

GUARDÍA MASSÓ R. El beneficio de compartir valores, Editorial Deusto, Bilbao, 1998

GURGEL, João Bosco Serra. Cronologia da evolução histórica das relações públicas. Brasília: Linha Gráfica, 1985.

HEATH, Robert L. Handbook of public relations. Thousand Oaks / London: Sage, 2001.

HIERT, Eldon. Precision Public Relations. New York: Longran, 1988.

HUNT, Todd & GRUNIG James E. Public relations tecniques. Orlando: Holt/Rinehart and Winston, 1994.

JAMES C. COLLINS y JERRY I. PORRAS. Empresas que perduran. Principios básicos de las compañías con visión de futuro. Paidós, Barcelona, 1996.

JAMESON, Samuel Haig. Relações públicas. Rio de Janeiro: FGV, 1962.

KAUFMANN, MARGARITA. Comunicación Política. Konrad Adenauer Stiftung. Perú, 1994.

KELLY, Kathleen S. Fund raising and public relations: a critical analysis. New Jersey: Hillsdale, 1991.

KUNSCH, Margarida M. Krohling (org.). Obtendo resultados com relações públicas. São Paulo: Pioneira, 1997.

KUNSCH, Margarida M. Krohling. Planejamento de relações públicas na comunicação integrada. Edição revista, ampliada e atualizada. São Paulo: Summus, 2003.

KUNSCH, Margarida M. Krohling. Relações públicas e modernidade: novos paradigmas na comunicação organizacional. São Paulo: Summus, 1997.

KUNSCH, Margarida Maria Khroling (Org.). Comunicação Oganizacional - Histórico, fundamentos e processos - Vol. 1 Saraiva: São Paulo, 2009.

KUNSCH, Margarida Maria Khroling (Org.). Comunicação Oganizacional - Linguagem, gestão e perspectivas - Vol. 2 Saraiva: São Paulo, 2009.

KUNSCH, Margarida Maria Khroling (Org.). Gestão Estratégica em Comunicação Organizacional e Relações Públicas. Difusão: São Paulo, 2009.

KUNSCH, Margarida Maria Khroling (Org.). Relações Públicas e Comunicação Organizacional: campos acadêmicos e aplicados de multiplas perspectivas. Difusão: São Paulo, 2009.

KUNSCH, Margarida Maria Khroling (Org.). Relações Públicas: história, teorias e estratégias nas organizações contemporâneas. Saraiva: São Paulo, 2009.

KUNSCH, Margarida Maria Khroling; OLIVEIRA, Ivone de Lourdes (Orgs.). A Comunicação na Gestão da Sustentabilidade das Organizações. Difusão: São Paulo, 2009.

KUNSCH, Margarida Maria Krohling. Planejamento de relações públicas na comunicação integrada. São Paulo: Summus, 1986.

KUNSCH, Margarida Maria Krohling. Relações públicas comunitárias. São Paulo: Summus, 2007.

LACASA, S, Antonio.: "Gestión de la Comunicación empresarial". Gestión 2000. Madrid, 2004.

LAMMERTYN, Roberto E. Avilia. RR. PP. Estrategias y tácticas de comunicación integradora. Buenos Aires:Revista Imagen, 1997.

LEÃO, Reynaldo de Miranda. Relações públicas para executivos. Manaus: Editora Valer, 2001.

LEGRAIN, Marc. Relações com o público. São Paulo: Makron Books, 1992.

LEITE, R. de Paula. Relações Públicas. São Paulo: Bushatsky, 1971.

LERBINGER, Otto. The crisis maneger: facing risk and responsability. New Jersey: Lawrence Erlbaum Associates, 1997.

LESLY, Philip. Os fundamentos de relações públicas e da comunicação. São Paulo: Pioneira, 1995.

LESLY, Philip. Public Relations Handbook, second edition, Englewoods Cliffs. New Jersey, Prentice Hall, Inc. 1978.

LIMA, Sergio Miranda de; Pellegrin Djean Magno att alli. A imprensa no cinema. Rio de Janeiro: Arquivo Nacional, 2007.

LOPES, Boanerges (Org). Gestão em Comunicação Empresarial. Juiz de Fora, Produtora Multimeios, 2007.

LOPES, Boanerges e VIEIRA, Roberto Fonseca (Org). Jornalismo e Relações Públicas: Ação e Reação, uma perspectiva conciliatória possível. RJ: Editora Mauad, 2004.

LOPES, Boanerges. O que é assessoria de imprensa. São Paulo, Brasiliense, 1994.

LOPES, Marilene. Quem tem medo de ser noticia? A mídia formando, ou deformando uma imagem. São Paulo: Makron Books, 2000.

LOSADA DÍAZ, José Carlos (Coord.).: "Gestión de la comunicación en las organizaciones". Ariel, Barcelona, 2004.

LUCAS MARTÍN, Antonio.: "La comunicación en las empresas y en las organizaciones". Bosch, Barcelona 1997.

MARCHIORI, Marlene (org.). Faces da Cultura e da Comunicação Organizacional, 2006.

MARCHIORI, Marlene. Cultura e Comunicação Organizacional: Um olhar estratégico sobre a organização, 2006.

MARSTON, J. Relaciones Públicas Modernas. Editorial McGraw Hill, 1990.

MARTíN MARTÍN, Fernando.: "Diccionario de Comunicación Corporativa e Institucional y de Relaciones Públicas". Fragua, Madrid, 2004.

MARTIN, M.A. y otros. Teoría y Técnica de Mediación y Conciliación. Introducción a la Resolución de Conflictos. Ediciones Interoceánicas S.A. Bs.As. 1995.

MARTÍNEZ SÁNCHEZ, J.L, La imagen de las ONG de desarrollo, IEPALA, Madrid, 1998.

MARTINEZ SOLANA, Yolanda.: "La comunicación institucional: análisis de sus problemas y soluciones". Fragua, Madrid, 2004.

MATIAS, Marlene. Organização de eventos: procedimentos e técnicas. Barueri: Manole, 2001.

MATTELART, A. y M. MATTELART: Historia de las teorías de la comunicación. Barcelona : Paidós, 1997.

MATTOS, Gustavo Gomes de. Comunicação Sem Complicação - Como simplificar a prática da comunicação nas empresas. Editora Campus.

MATTOS, Sílvia. A revolução dos instrumentos de comunicação com os públicos. Porto Alegre: Comunicação Integrada Editores. ABRP - RS/SC, 1995.

MESTIERI, Carlos Eduardo. Relações Públicas: Arte de Harmonizar Expectativas. São Paulo, Aberje, 2006.

MILMAN, Túlio; KRAMER, Heitor. Vença com a mídia: transforme os meios de comunicação em aliados. Porto Alegre: Artes e Ofícios, 2002.

MILMAN, Túlio; KRAMER, Heitor. Vença com a mídia: transforme os meios de comunicação em aliados. Porto Alegre: Artes e Ofícios, 2002.

MÍNGUEZ ARRANZ, Norberto. "La Comunicación Interna al Servicio de la Cultura Corporativa". En Nuevos Conceptos de Comunicación. Eds. Juan Benavides y Elena Fernández. Madrid: Fundación General de la UCM-Ayuntamiento de Madrid, 1999.

MIRAULT, Maria Angela. C. Relações Públicas: Horizonte,ou utopía? Uniderp.

MONROE, Alan H. La comunicación oral. Barcelona, Editorial Hispano Europea, 1973.

MOSS, Dany; MACMANUS, Toby; VERCIC, Dejan (Eds.). Public relations research: an intenationalk perspective. London/Boston: International Thomson Bussiness Press, 1997.

MOURA, Claudia Peixoto (org.). História das Relações Públicas: fragmentos da memória de uma área. Porto Alegre: Edipucrs, 2008.

NASSAR, Paulo e FIGUEIREDO, Rubens. O que é Comunicação Empresarial. Brasiliense, São Paulo. 1995.

NASSAR, Paulo. Relações públicas. Difusão, 2007.

NETO, Octaviano Machado. Competência em Comunicação Organizacional Escrita. editora Qualitymark.

NEWSON, Doug & CARREL. Public relations writing: form and style. 6a. ed. Califórnia: Wadsworth Publishing, 2000.

NEWSON, Doug. This is PR: the relates of public relations. 7a. ed. Califórnia: Wadsworth Publishing, 1999.

NOGUEIRA, Nemércio. Opinião pública e democracia. São Paulo: Nobel, 1987.

NOGUERO, Antonio. & XIFRA, J. Premios yunque de plata 1987. Los mejores casos prácticos de RR.PP, selecionados por la PRSA. Barcelona: ESRP-PPU, 1990.

NOGUERO, Antonio. Programación y tecnicas de relaciones públicas. Barcelona: ESRP-PPU, 1988 (Coleción Comunicación y Relaciones Públicas.

NOGUERO, Antonio. Relaciones Públicas e indústria de la persuasion. 2. ed. Barcelona: ESRP-PPU, 1990 (Coleción Comunicación y Relaciones Públicas).

NUNES, Marina Martinez. Cerimonial para executivos. Porto Alegre: Sagra Luzzatto, 1996.

NUNES, Marina Martinez. Redação em Relações Públicas. Porto Alegre: Sagra Luzzatto, 1995.

NUNES, Marina Martinez. Redação em relações públicas. Sacra, 1995.

OLIVEIRA, José Xavier. Usos e abusos de relações públicas. Rio de Janeiro: FGV, 1971.

ORTEGA, Enrique. La comunicación publicitaria. Madrid: Pirámide, 1997.

PASQUALI, A. Comprender la comunicación. Caracas: Monte Avila, 1990.

PAVLIK, J., LA INVESTIGACION EN RELACIONES PUBLICAS, Ediciones Gestión 2000, Barcelona,1999.

PAVLIK, John. La investigación en relaciones publicas. Barcelona: Gestión, 2000.

PENN, Bill. Seja o seu próprio relações públicas: Torne-se um perito em publicidade e relações públicas. São Paulo: Ediouro, 1995.

PENTEADO, J. R. Whitaker. Relações Públicas nas empresas modernas. 4.ed. São Paulo: Pioneira, 1989.

PENTEADO, José Roberto W. Relações públicas nas empresas modernas. Lisboa, CLB.

PERUZZO, Cecília Krohling. Relações públicas no modo de produção capitalista, São Paulo: Summus, 1986.

PERUZZO, Cicilia Krohling. Relações Públicas no modo de produção capitalista. 2a. ed. São Paulo : Summus, 1996.

PINHO, J B. O Poder das Marcas. Summus Editorial, São Paulo. 1996.

PINHO, J. B. Relações Públicas na Internet: técnicas e estratégias para informar e influenciar públicos de interesse. São Paulo: Summus, 2003.

PINHO, J.B. Propaganda institucional : Usos e funções da propaganda em relações públicas. São Paulo, Summus, 1992.

PIÑUEL, José Luis; LOZANO, Carlos Ensayo general sobre la comunicación. Barcelona: Paidós, 2006.

PIZARROSO QUINTERO, A., Historia de la Propaganda: notas para el estudio de la propaganda política y de guerra, Eudema, Madrid, 1993.

POYARES, Walter Ramos. Comunicação social e relações públicas. Rio de Janeiro: Agir, 1974.

POYARES, Walter Ramos. Conceituação da opinião pública e relações públicas. Rio de Janeiro: PUC, 1967.

POYARES, Walter Ramos. Imagem pública: Glória para uns, ruína para outros. São Paulo: Globo, 1997.

POYARES, Walter. Comunicação Social e Relações Públicas. Rio de Janeiro, Agir, 1974.

POYARES, Walter. Imagem pública: glória para uns, ruína para outros. São Paulo: Globo, 1998.

POZO LITE, Marisa del.: "Cultura empresarial y comunicación interna. Su influencia en la gestión estratégica". Fragua, Madrid, 1997.

RAMIREZ, Txema.: "Los gabinetes de comunicación, funciones, disfunciones e incidencias". Bosch, Barcelona 1995.

RAMOS HIDALGO, E. La Ética del Marketing, Importancia de la ética y responsabilidad social para la efectividad organizacional, Madrid. Tesis doctoral, 2000.

RAMOS, João Alfredo de Souza. As relações públicas no ambiente público governamental e comercial. São Paulo: 1949.

REGO, Francisco Gaudêncio Torquato. Cultura, poder, comunicação e imagem - fundamentos da nova empresa. Pioneira, São Paulo. 1991.

REGO, Francisco Gaudêncio Torquato. Jornalismo Empresarial. Summus, São Paulo. 1987.

REGO, Francisco Gaudêncio Torquato. Tratado de comunicação organizacional e política. São Paulo: Thompson, 2002.

REGO, Francisco Gaudêncio Torquato.Comunicação Empresarial / Comunicação Institucional. Summus, São Paulo. 1986.

REGOUBY, Christian. La Comunicación Global. Cómo construir la Imagen de una Empresa". Ediciones Gestió, Barcelona,España, 1988.

RETZ, Célia (org.). Opinião Pública: Tendências e perspectivas no mundo virtual. São Paulo: Editora Faac-Unesp, 2009.

RIBEIRO, Lair; "La Comunicación Eficaz", Editorial Urano, Barcelona, España, 1996.

ROBINSON, E. Comunicación y Relaciones Públicas. Editorial CECSA, 1982.

ROSA, Mario - A Era do Escândalo. Geração Editorial.

ROSA, Mario - A Síndrome de Aquiles. Editora Gente.

RUNGARD, Sue; FRENCH, Ylva. Marketing and Public Relations Handbook for Museums, Galleries, and Heritage Attractions. Walnut Creek: AltaMira Press, 2000.

SANCHÍS, José Luis.: "Comunicar con éxito: teoría y práctica de la Comunicación". Ediciones Gestión 2000. Madrid 2004.

SCHULTEN, Helga Iracema. Relações Públicas nos Estados Unidos e no Brasil. Contrastes e Confrontos. São Bernardo, Instituto Medotista de Ensino Superior, 1982.

SEITEL, Fraser. The practice of public relations, 7th, Upper saddle River, NJ. Prentice Hall, 1998.

SILVEIRA, Ada Cristina M. da (org.). Práticas, identidade e memória. 30 aos de RP na UFSM. Santa Maria: FACOS-UFSM, 2003.

SIMÕES, Roberto Porto. Informação, Inteligência e Utopia - Contribuições à Teoria de Relações Públicas. São Paulo: Summus, 2006.

SIMÕES, Roberto Porto. Relações públicas e micropolítica. São Paulo: Summus, 2001.

SIMÕES, Roberto Porto. Relações Públicas: função política. 3ª São Paulo: Summus, 1995.

SIMON, Raymond. Relaciones públicas: teoria y práctica. México: Limusa, 1994.

SIMON, Raymond. Relações públicas. São Paulo: Atlas, 1972.

SOLANO FLETA Luis, Tratado de Relaciones Públicas, Ed. Gestión 2000, SA, 1999.

SOTELO ENRÍQUEZ, C., Introducción a la Comunicación Institucional, Ariel Comunicación, Barcelona, 2001.

SOUSA, Jorge Pedro. Planificando a comunicação em relações públicas. Florianópolis: Letras Contemporâneas, 2004.

SPERBER, D. y Wilson, D. La relevancia. Comunicación y procesos cognitivos, Madrid, Visor, 1994.

STACKS, Don W. Dicionário de mensuração e pesquisa em relações públicas e comunicação organizacional. São Paulo: Aberje, 2007. Ver também em Comunicação/Catálogos.

STEFFEN, Ana Maria. O Conceito de Público em Relações Públicas. Porto Alegre: Cidadela, 2008.

SUARES, Marines. Mediación, conducción de disputas, comunicación y técnicas.Paidós. Quilmes 1996.

TAJADA, Sanz de la, La. Auditoría de la imagen de empresas. Metodos y técnicas de estudio de la imagen, Sintesis, 1996.

TAJADA, Sanz de la. Integración de la Identidad y la Imagen de la empresa: desarrollo conceptual y aplicación práctica. ESIC editorial, España, 1990.

Tejada Palacios, Luis.- "Imagen, Identidad y Comunicación", Ponencia presentada en el 1er. Congreso de Comunicación Corporativa, Maracaibo, Venezuela, Octubre, 1992.

THEAKER, Alison (ed.). The public relations handbook. London: Routledge, 2001.

THOMAZI, Maria Stella. Contribuição da Associação Brasileira de Relações Públicas para a profissão de relações públicas no Brasil. São Bernardo do Campo: IMS, 1985.

THOMAZI, Maria Stella. O ensino e a pesquisa em relações públicas no Brasil e sua repercussão na profissão. São Bernardo do Campo.

TOM CANNON. La responsabilidad de la empresa. Traducción de Javier Serra, Ediciones Folio, Barcelona, 1994.

TORRIENTE, Fernández de la, Gastón; "Comunicación Oral", Editorial Norma, Bogotá, Colombia, 1990.

TUBOSAKA, Mirtes Vitoriano Torres. O Pensamento Brasileiro em Relações Públicas. Guarapari/ES: Ex Libris, 2007.

TUNER, Stuart. Manual de relações públicas. Como fazer as coisas darem certo. Circulo do Livro, 1987.

URY, BRET. Y GOLBERT. Cómo Resolver las disputas. Diseño de sistemas para reducir los co11stos del conflicto", Rubinzal Culzoni-Fundación Libra-Buenos Aires 1995.

URY, W. Supere el no. Grupo Editorial Norma. Colombia 1996.

VAAMONDE, L.M., Técnicas de comunicación hoy 1, Ed. MacGraw-Hill, Madrid 1993.

VALENTE, Célia e NORI, Walter. Portas Abertas. A experiência da Rhodia: Novos Caminhos de Comunicação Social na Empresa Moderna. São Paulo: Best Seller, 1990.

VAN RIEL, C., Comunicación Corporativa, Prentice Hall, Madrid, 1997.

VERÓN, Eliseo. "Ideología y comunicación de masas: La semantización de la violencia política" en VV.AA. Lenguaje y comunicación social, Nueva Visión, Buenos Aires, 1971.

VIDAL, J. (Ed.). Alternativas populares a las comunicaciones de masas. Madrid: CIS, 1979.

VIEIRA, Roberto Fonseca. Comunicação Organizacional: Gestão de Relações Públicas. RJ: Editora Mauad, 2004.

VIEIRA, Roberto Fonseca. Relações públicas: Opção pelo cidadão. Rio de Janeiro, Mauad, 2000.

VILLAFAÑE, J.: "Imagen positiva. Gestión estratégica de la imagen en las empresas". Pirámide, Madrid, 1993.

VOLPI, Alexandre. Na trilha da excelência: uma lição de relações públicas e encantamento de clientes. São Paulo: Negócio Editora, 2003.

VVAA.: "El libro práctico de la comunicación y las relaciones públicas". Folio, Barcelona, 1997.

WASTZLAWICK, Bavelas y Jackson. Teoría de la Comunicación Humana. Herder. Barcelona. 1997.

WENDHAUSEN, Henrique. Comunicação e Mediação das ONG´s – Uma leitura a partir do canal comunitário de Porto Alegre. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2003.

WEY, Hebe. O processo de Relações Públicas. São Paulo: Summus, 1993.

WHITE, John & MAZUR, Laura. Strategic communications management. Making Public Relations Work. Workingham: Addison-Wesley Publishing Company, 1995.